Pré-candidato a prefeito de Lagoa Seca propõe união solidária da classe política na luta contra o coronavírus

O pré-candidato a prefeito de Lagoa Seca/PB José Gonçalves (Zezinho de Bola) sugeriu esta semana que a classe política local baixe a guarda e levante uma única bandeira: a da união solidária em favor do povo e, principalmente, para a busca de soluções que possam ajudar as pessoas no dia-a-dia e na luta contra o novo coronavírus que vem devastando cidades em todo o mundo e já está prejudicando, também, a classe trabalhadora do município, em especial os agricultores e os médios e pequenos comerciantes.
Segundo Zezinho de Bola, “não é hora de disputas ou críticas entre a classe política, principalmente, publicação de fake news, tentando mudar o pensamento da população sobre suas escolhas, mas sim de união e de juntar forças para ajudar, aos mais vulneráveis, na luta contra um inimigo comum: o coronavírus e suas consequências”. Ele considera que agora é o momento de todos se unirem e apresentarem orientações no sentido de prevenir e amenizar o sofrimento do povo, que já está amedrontado com a situação.
A ideia de Zezinho de Bola repercutiu muito bem tanto entre o povo em geral como entre os apoiadores de seus adversários políticos. A proposta de Zezinho de Bola é prevenir uma futura tragédia que parece se avizinhar.
Muitos que apoiam o atual governo local aplaudiram a iniciativa de Zezinho de Bola e dizem apoiar a união da classe política em torno do problema, “porque, afinal, só quem sofre somos nós, do povo, e sem o povo os políticos não tem vez”, disse um dos apoiadores do governo local, mas que garante aprovar a proposta de Zezinho.
Resta agora esperar uma posição dos atuais governantes locais para que os entendimentos sejam mantidos. “De minha parte estou disposto ao diálogo, pronto para ajudar”, comentou José Gonçalves (Zezinho de Bola), reconhecendo que agora a atual administração tem trabalhado bem na área de saúde, principalmente com relação aos idosos que são os mais vulneráveis no momento, e também tem orientado o comércio a adotar medidas de prevenção contra o coronavírus, “mas é preciso que haja união solidária da classe e que seja preciso fazer muito mais”, concluiu.

Apolinário Pimentel

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial