O VELHO MINEIRINHO

O velhinho, mineiro de Berlandia, está no hospital, nas últimas…..
O padre está ao seu lado para dar-lhe a extrema-unção.
Ele lhe diz ao ouvido:
– Antes de morrer, reafirme a sua fé em nosso Senhor Jesus Cristo e renegue
o Demônio.
Mas o velhinho fica quieto..
Ao que o padre insiste:
– Antes de morrer, reafirme a sua fé em nosso Senhor Jesus Cristo e renegue o Demônio.
E o velhinho….. nada.
Então o padre pergunta:
– Por que é que o senhor não quer renegar o Demônio?
O velhinho responde:
– Enquanto eu num soubé pronde vou, num quero ficá de mar cum ninguém!

 

O GATO DO MANUEL
Num frio dia de inverno, chega Joaquim no armazém do Manuel:
– Manuel, eu quero uma dessas bolsas de borracha que você coloca água quente e que serve para esquentar a cama e manter os pés quentinhos.
– Que azar, Joaquim; hoje de manhã vendi a última para Maria.
– E o que eu faço com esse frio do diabo que faz à noite?
– Fique tranquilo, eu posso lhe emprestar meu gato.
– Seu gato?
– Meu gato é gordinho, você pode colocar nos pés na hora de deitar, e você vai ver como ele vai te esquentar a noite toda. Na próxima terça-feira chegam as bolsas, aí você vem pegar uma e me devolve o gato.
– Tudo bem. Obrigado.
– Joaquim pega o gato e vai embora pra casa. No dia seguinte, volta com a cara toda desfigurada, arranhada pelo gato.
– Manuel, eu vim devolver seu gato de merda. Olha como me deixou o filho da puta! Me arranhou todo !!! – Mas como! O que aconteceu? Ele é tão manso!
– Manso? Uma ova! O funil no traseiro até que ele aguentou bem, mas quando comecei a encher ele de água quente, aí ele virou uma fera!!!

PISCINA MILAGROSA
Durante uma festa de arromba, o anfitrião, já cheio de cana, gritou para a multidão:
-Aê… Pessoal.. Eu não queria dizer uma coisa pra vocês… mas é que a minha piscina é mágica!!!
A turma, pensando que era delírio do dono da casa, começou a rir.
Nisso, o cara sai correndo, dá um pulo na piscina e grita: CERVEJA!!!
A água vira cerveja, o cara nada, vai bebendo e, ao sair do outro lado, a piscina volta ao normal.
Um italiano, abobado com o que estava presenciando, também sai correndo, dá aquele salto e grita: VINHO!!!
E a água se transforma em vinho.. Ele nada, sai do outro lado bebendo e, novamente, a água volta ao normal.
Um francês vai lá, dá um pulo para dentro da piscina e grita: CHAMPAGNE!!!
E a água vira champagne!! O francês nada, se esbalda, e sai.
O portuga, vibrando de emoção, sai correndo e, quando vai pular, sua mulher grita:
– Manoel!!! Estais com o ‘celulaire’ e a ‘cartaira’ no bolso!!!
E o português grita: – M E R D A !!!!!!!

A VELHINHA FOFOQUEIRA
Eram dois pescadores gêmeos.
Um casado e o outro solteiro.
O solteiro tinha uma lancha de pescaria bem velha.
Um dia, a mulher do casado morre.
E, como desgraça nunca vem só, a lancha do irmão solteiro afunda no mesmo dia.
Uma senhora, dessas velhotas curiosas e fofoqueiras, soube da morte da mulher e resolve dar os pêsames ao viúvo, mas confunde os irmãos e acaba falando com o irmão que perdeu a lancha.
– Eu só soube agora. Que perda enorme. Deve ser terrível para você.
O solteiro, sem entender direito, explicou:
– Pois é. Eu estou arrasado. Mas é preciso ser forte e enfrentar a realidade. De qualquer modo, ela já estava bem velha. Tinha o traseiro todo arrebentado, fedia a peixe e vazava água como nunca vi. É verdade que ela tinha uma grande racha na frente e um buraco atrás que, cada vez que eu usava, ficava maior. Mas eu acho que o que ela não agüentou foi que eu a emprestava a quatro amigos que se divertiam com ela. Eu sempre lhes disse para eles irem com calma, mas desta vez foram os quatro juntos e aí foi demais para ela…

A velhinha fofoqueira desmaiou…

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial