Xeque-Mate: Justiça determina novo afastamento de vereadores

Atendendo a um pedido do Ministério Público Estadual, o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) resolveu afastar novamente os quatro suplentes de vereador de Cabedelo envolvidos no âmbito da Operação Xeque-Mate. A Câmara Municipal de Cabedelo recebeu a notificação nesta quarta-feira (15) e já ordenou cumprimento imediato da medida.
De acordo com informações do TJPB, os vereadores foram denunciados no bojo da Operação Xeque-Mate por terem recebido propina em troca de apoio ao então prefeito Wellington Viana.
Mais 120 dias
Eles foram afastados em dezembro do ano passado pelo prazo de 120 dias, que esgotou-se na última quinta-feira (9), data em que eles foram reconduzidos aos seus cargos. Porém, com a nova decisão da Justiça, Benone Bernardo da Silva (PRP), Josimar de Lima Silva (PRP), Janderson Bezerril de Brito (PSDB) e Jonas Pequeno dos Santos (PSDB) ficarão afastados por um prazo idêntico ao praticado na primeira decisão.
Foto: Portalcorreio
Portalcorreio

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial