Enfermeiro e idosa com sintomas de Covid-19 morrem após ambulância capotar

Um enfermeiro e uma paciente de 91 anos morreram após uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) capotar, na madrugada desta terça-feira (12), em João Pessoa. O acidente aconteceu no trecho entre as BRs 230 e 101, próximo a um estabelecimento comercial de venda por atacado.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a paciente era transportada da UPA de Cruz das Armas para o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, na região metropolitana. Ela tinha sintomas de Covid-19. A ambulância usada para levá-la era de suporte avançado, também conhecida como UTI móvel.
Conforme a PRF, chovia muito no momento do acidente. A suspeita é de que a ambulância tenha deslizado no asfalto molhado e perdido o controle. “O veículo rodou na pista, colidiu contra o meio fio e, em seguida, capotou”, informou o policial rodoviário Walter Mota, que atendeu à ocorrência.
O acidente foi testemunhado por filha e neto da idosa. Eles estavam em um outro veículo e seguiam a ambulância no trajeto.
O médico da equipe do Samu e o motorista da ambulância sofreram ferimentos leves. Eles foram socorridos por outra ambulância do Samu e levados para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital, e já receberam alta.
O enfermeiro que morreu no acidente era Patrick Cavalcante da Costa Villarin, que trabalhava no Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho (HPMGER), além de atuar no Serviço de Atendimento Móvel da Urgência (Samu) de João Pessoa desde 2014.
Já os corpos foram retirados do local do acidente pelo Corpo de Bombeiros.
Fotos: Divulgação/PRF
Portalcorreio

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial