Sesi PB e a indústria Bentonit união garantem a manutenção das aulas de 150 alunos durante a pandemia de covid-19

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, cerca de 150 alunos, de seis turmas do ensino fundamental I, da rede pública do município de Boa Vista, no cariri da Paraíba estão mantendo aulas através do laboratório de Linguagem e Matemática.

Mas isso só tem sido possível, por conta de uma parceria do SESI e a Indústria Bentonit União que apadrinharam a escola municipal que recebe o nome da indústria, proporcionando o acesso à educação para os estudantes oriundos de famílias de baixa renda.

De segunda a sexta-feira, os alunos recebem por meio do WhatsApp, videoaulas gravadas das disciplinas de português e matemática. Além disso, os professores utilizam a plataforma Elefante Letrado onde os alunos põem em prática o conteúdo estudado.

Todas as quartas-feiras as professoras do laboratório enviam os conteúdos das aulas para os grupos de WhatsApp, onde os alunos, junto com os pais, realizam as atividades e enviam no próprio grupo. Todas as dúvidas são retiradas pelas professoras que ficam online durante as aulas, dando todo suporte para os estudantes.

“Enquanto professora, para mim, essa experiência é uma forma de alimentar, o que o dinheiro não necessariamente paga, a fome do conhecimento. Me torna uma profissional privilegiada por compartilhar esse momento com os alunos e seus familiares. Cada mensagem que recebemos dos alunos e a demonstração de esforço e interesse por parte deles, me fizeram entender que apesar de serem crianças, já sabem que longe da escola não há esperança de futuro, uma vez que a escola é uma das janelas para se enxergar as oportunidades de uma vida melhor”, comentou a professora, Aluska Souza.

O modelo de aula está acontecendo desde o dia 20 de março, e os pais e alunos já destacam a importância da iniciativa.

“Com o distanciamento social, causado pela COVID -19, fiquei preocupada em relação ao aprendizado do meu filho, a incerteza se o ano letivo seria perdido, se ele teria aulas, e o SESI se antecipou a tudo isso, e lançou a proposta para manter as aulas de forma remota. Para mim foi muito gratificante, porque sabemos que o ensino a distância tem que atrair o aluno, tem que ter significado, planejamento, e as professoras do SESI têm conseguido tudo isso, em cada aula que elas gravam, temos a percepção completa dessas características, desde a metodologia, a explicação, é como se elas estivessem em nossas casas, explicando aos nossos filhos. As atividades propostas são de uma base muito boa, não são atividades superficiais, só para preencher o tempo, mas sim algo consistente, que fazem com que os alunos pensem, e tenham um aprendizado. Eu só tenho a agradecer a toda equipe do SESI pelo empenho para que a educação não pare”, disse Ana Luiza Araújo Costa Aires, mãe de um aluno do 5º ano.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial