5 projetos sustentáveis para preservar o meio ambiente

Nesta temporada do Torneio SESI de Robótica, os estudantes do Serviço Social da Indústria (SESI) foram desafiados a pensar soluções para melhorar o mundo e criar cidades mais inteligentes. Durante as pesquisas, eles notaram que cuidar do meio ambiente também é uma forma de aprimorar as cidades e esbanjaram criatividade nos projetos.
Para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente – comemorado em 5 de junho – vamos relembrar alguns desses projetos sustentáveis, que foram criados para solucionar problemas como descarte incorreto de lixo, desperdício de água, desmatamento de grandes áreas e muito mais. Confira!

1. Policará: plástico biodegradável feito de amido de cará
Desenvolvido por estudantes do SESI de Goiás, o Policará foi criado para substituir o material que compõe os copos descartáveis. Ele é feito de amido de cará, gelatina vegana e ajustador de PH, ou seja, é 100% biodegradável, para se decompor sem liberar partículas que poluem a natureza. Os jovens da equipe LEGO Soldier também afirmam que o material é comestível, já que é produzido com materiais orgânicos.
Com isso, cerca de 1.500 toneladas de resíduos plásticos, fruto do uso de copos descartáveis, deixariam de existir. Problemas como entupimento de bueiros, que levam a enchentes e alagamentos; a poluição de rios e nascentes; a extinção de animais marinhos e entre outros, também seriam evitados.

2. E-WALL: parede termoacústica com tetra pak
No Distrito Federal, os jovens da equipe LEGO Field, do Gama, criaram uma parede para solucionar a poluição sonora e incentivar a reciclagem. A E-Wall, como eles nomearam, é composta por pó de serragem, garrafas pets trituradas e tetra pak, ou seja, caixinhas de leite ou suco. Com isso, ajuda o meio ambiente reduzindo o descarte incorreto desses materiais.
A parede também é capaz de reduzir a entrada de calor externo no verão, enquanto, no inverno, reduz a perda de calor interno, impedindo a troca de temperatura. Além disso, a E-Wall, pode ser aplicada em vários locais como paredes residenciais, prédios públicos, escritórios, tubulações hidráulicas e até em dutos de ar condicionado, sendo também ideal para fazer isolamento de telhados e fachadas.

3. Slice Garden: fatias de jardim com fibra de coco
De olho na falta de vegetação nas cidades de São Paulo, a equipe Thunderbóticos, do SESI de Rio Claro, criou uma solução sustentável. O Slice Garden, é uma espécie de telhado verde feito com fibra de coco e terra vegetal, que, além de reduzir a falta de áreas verdes, também gera economia e suaviza a temperatura ambiente em até 70°C.
A solução une a preservação, com o aumento da área de vegetação urbana e a redução de ventiladores e condicionadores de ar.

4. Greentech: sistema para descarte de lixo
A equipe Androids, do SESI do Rio Grande do Sul, desenvolveu algo mais complexo para auxiliar o meio ambiente. Os jovens desenvolveram a Greentech, uma plataforma de compostagem inteligente, que inclui um protótipo de composteira (sistema de reciclagem de resíduos orgânicos com minhocas e microrganismos), uma balança e um conjunto de equipamentos digitais para identificação.
A solução visa auxiliar moradores de apartamentos e condomínios no descarte correto de lixo e ainda dá uma recompensa, como um desconto na taxa de condomínio e uma quantidade de adubo para hortas caseiras.

5. UTARE: Unidade de tratamento de águas residuais
O desperdício de água e a falta de saneamento também são grandes problemas que afetam o meio ambiente. Por isso, os estudantes do SESI do Rio de Janeiro, pensaram na UTARE, sigla que deram para a Unidade de Tratamento de Águas Residuais, criada por eles com materiais econômicos como brita, esponja biomecânica, areia fina e carvão ativo.
A solução é composta por um dispositivo de filtragem com a etapa física, que retira os resíduos maiores; uma etapa química, que retira o odor, gosto e coloração; e uma etapa biológica, que decompõe os compostos nitrogenados da água. Após esse processo, a água pode ser devolvida à natureza com uma condição apropriada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial