Democratas se ajoelham no Congresso dos EUA em homenagem a George Floyd

Parlamentares democratas no Congresso dos Estados Unidos se ajoelharam nesta segunda-feira (08) para prestar 8:46 minutos de silêncio em homenagem a George Floyd e outros negros americanos “que perderam a vida injustamente” pela violência de policiais brancos, antes de apresentar uma proposta de reforma orgânica da Polícia.
A presidente democrata do Congresso, Nancy Pelosi, o líder da minoria de seu partido no Senado, Chuck Schumer, assim como cerca de 20 parlamentares opositores, incluindo vários representantes negros, se reuniram no “Salão da Emancipação”, assim nomeado em homenagem aos escravos que trabalharam na construção da sede legislativa em Washington, o Capitólio, no século XVIII.
A duração da homenagem não foi casual. Este foi o tempo que um policial branco passou com seus joelhos apoiados no pescoço de George Floyd, um afro-americano de 46 anos, até que o matou por asfixia em 25 de maio durante sua prisão por uma denúncia de suposto uso de uma nota falsa.
Esse incidente registrado na cidade de Minneapolis (Minnesota) provocou indignação nos EUA e no mundo, gerando múltiplos protestos contra o racismo e a violência policial em todo o país, em geral de tom pacífico e algumas violentamente reprimidas pelas forças de ordem. Também foi levada uma onda de críticas contra o governo do republicano Donald Trump, por sua estratégia de mão dura para encarar a crise.
Neste domingo, foi anunciado que o Conselho Municipal de Minneapolis se comprometeu a desmantelar seu Departamento de Polícia para reconstruí-lo totalmente. Os quatro policiais envolvidos no caso Floyd foram acusados com cargos e o que lhe asfixiou é acusado, entre outros, de homicídio culposo e assassinato sem premeditação.
Foto: Jonathan Ernst /Reuters
G1

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial