Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em São Paulo

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, foi preso na manhã desta quinta-feira, 18, em Atibaia, no interior de São Paulo. O mandado faz parte das investigações sobre o suposto esquema de “rachadinha” na Assembleia do Rio de Janeiro. A informação foi divulgada pela TV Globo.
O policial militar foi encontrado em um imóvel que pertence a Fred Wassef, advogado do filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro. A prisão dele foi fruto de uma operação conjunta entre Polícia Civil e Ministério Público de São Paulo. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela justiça do Rio
Em dezembro de 2018, o Estadão revelou que Queiroz foi citado em um relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf) por movimentar R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira “atípica”.
Em um ano, R$ 1,2 milhão transitou pelas contas dele, segundo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), arrastando o gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro para o centro de uma investigação do Ministério Público Estadual.
Promotores apontam indícios de que uma organização criminosa foi montada no gabinete de Flávio, o 01 do presidente, para desviar dinheiro dos salários dos funcionários, a chamada “rachadinha”. O dinheiro teria sido lavado por meio da compra e da venda de pelo menos 19 imóveis no Rio.
* Com informações do Estadão Conteúdo
Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo
Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial