Senai entra na lista da Forbes entre as 100 maiores empresas doadoras na luta contra o coronavírus

A ação mais recente do SENAI na Paraíba, na luta do combate a Covid-19 foi a conclusão e entrega do primeiro Túnel de Descontaminação, projetado e desenvolvido pela equipe técnica do Instituto SENAI de Tecnologia em Automação Industrial que fica em Campina Grande (PB). A entrega deste primeiro Túnel de Descontaminação foi feita ao Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, entidade filantrópica que há mais de 50 anos é referência no tratamento do câncer e recebe pacientes dos 223 municípios paraibanos e cidades de estados vizinhos.

Essa ação do SENAI ampliou as soluções estratégicas que já foram realizadas no estado, a exemplo da produção e doação de máscaras, EPIs e álcool gel. Mais do que isso, o SENAI/PB fortaleceu a rede nacional de combate a Covid-19 e é desta forma que o Departamento Regional da Paraíba também é alcançado pelo reconhecimento da revista mais conceituada de negócios e economia do mundo, a FORBES.

Na edição deste mês, o SENAI ganhou destaque por estar na oitava colocação da lista das 100 maiores empresas a contribuírem na luta contra a Covid-19. De acordo com a revista, essa ação de generosidade foi um movimento jamais visto no Brasil com o intuito de salvar vidas e tirar o país da calamidade. Na matéria, as empresas também destacaram outros projetos sociais que elas dão continuidade durante todo o ano.

Quando a pesquisa foi veiculada, o SENAI contava com a contribuição de R$ 63 milhões. Hoje esses números já foram ultrapassados e subiu para R$ 67,4 milhões de investimento em ações voltadas ao combate ao novo coronavírus. Conforme diz a Confederação Nacional da Indústria (CNI), “as instituições têm buscado fazer a diferença, mitigando os impactos da pandemia sobre a saúde pública e contribuindo para que o Brasil tenha condições de voltar, o quanto antes, à normalidade”.

No caso do SENAI, a matéria cita a mobilização feita junto ao setor industrial. A rede coordenada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo SENAI mobilizou 380 indústrias de diversos portes, entidades representativas setoriais e as federações estaduais das indústrias.

Entre as muitas ações do SENAI como a produção de Equipamento de Proteção Individual, a instalação do Túnel de Descontaminação e a realização de testes rápidos, uma contribuição merece destaque. Um dos projetos aprovados no sistema e que já está em andamento foi a criação de uma rede voluntária para fazer a manutenção de respiradores hospitalares por todo país. São 19 estados que possuem pontos de manutenção à disposição da sociedade.

Atualmente, o apoio do setor industrial contra o novo coronavírus já passa dos R$ 336 mi. São ações que vão do conserto de respiradores mecânicos à produção de testes rápidos e à doação de insumos essenciais ao sistema de saúde e seus profissionais.

Texto/Colaboração: Bruna Martins

Fonte: Agência CNI de Notícias

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial