Suspeito de matar professora de capoeira em Campina está preso em São Paulo

O suspeito de assassinar a professora de capoeira, Cristiane Soares (Cris Nagô), foi identificado e está preso na penitenciária que fica na cidade Presidente Venceslau, no interior do Estado de São Paulo. Trata-se um homem, de 18 anos, que seria ex-aluno da vítima e foi preso Caiuá, distante a 621 Km da capital paulista, acusado de tráfico de drogas.
O crime ocorreu no dia 1º de fevereiro, quando a professora dava aula e participava de uma roda de capoeira no Parque da Criança, em Campina Grande, onde foi abordada e morta a tiros.
Cris Nagô era bastante conhecida na cidade pelo trabalho social que realizava, que era dar aula a crianças carentes. Apesar da prisão do suspeito ter ocorrido no dia 22 de fevereiro no município paulista, a Polícia Civil da Paraíba só tomou conhecimento na quinta-feira (2).
De acordo com o delegado Cristiano Brito, o crime teve uma motivação banal, mas ele achou melhor não dar mais informações para atrapalhar as investigações.
Se Liga PB

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial