Fluminense empata com o Botafogo e se classifica para final

O Fluminense está na decisão da Taça Rio. Em clássico movimentado pela semifinal, o Tricolor ficou no 0 a 0 com o Botafogo no Estádio Nilton Santos, mas, por ter a vantagem do empate, se classificou e vai decidir o segundo turno do Campeonato Carioca contra o Flamengo, na quarta-feira. A partida foi marcada também pelo protesto dos jogadores antes de a bola rolar com uma faixa e camisas com os dizeres “respeitem a nossa história”.
O time de Odair Hellmann continua sem marcar gols após o retorno do futebol e passou mais um jogo em branco. Na final, caso o placar fique em igualdade, o confronto irá para os pênaltis.

Jogo morno
Mesmo com a vantagem do empate, o Fluminense começou tomando a iniciativa. Com um jogador a mais no meio, a equipe apostou no jogo mais trabalhado para tentar superar as dificuldades dos últimos jogos. No entanto, continuou ansioso no penúltimo passe e não conseguiu levar perigo. O Botafogo logo igualou o ritmo do rival, mas teve um jogo mais rápido, com ligações diretas e levou perigo com Pedro Raul, deixando o Alvinegro mais próximo do gol. Os primeiros 45 minutos foram de muitos erros e ainda mornos no clássico.

Duelo dos atacantes
Um dos grandes atrativos da tarde foi o confronto dos camisas 9 dos dois times. Do lado alvinegro, Pedro Raul, por buscar mais o jogo, ser mais novo e ágil, se apresentou mais para o jogo. Recebendo todas as bolas das jogadas criadas pelo Botafogo, o atacante teve três finalizações na primeira etapa e levou perigo ao gol de Muriel. Já Fred participou do jogo, mas não conseguiu chutar a gol. Apesar de ter mais qualidade, ele ainda depende muito da inspiração dos companheiros para ter oportunidades.
O segundo tempo foi movimentado e bastante equilibrado. O Botafogo, precisando marcar gols, foi para cima e criou oportunidades, incomodando o Flu com bolas de longa distância dos pés de Pedro Raul e Danilo Barcelos e uma chance na trave de Bruno Nazário. Do lado tricolor, aproveitando os espaços deixados, o time de Odair criou duas ótimas jogadas com Fred. A primeira acabou com a falta marcada e a segunda foi para fora.

Final animado
O Alvinegro continuou em cima do Flu para tentar a vaga na final, mas esbarrou em um rival que se fechou o quanto conseguiu para segurar o empate. Com as alterações, o final da partida foi eletrizante e as duas equipes buscaram a bola. Enquanto o Botafogo contou com Honda, um dos principais jogadores do segundo tempo para buscar as oportunidades, o Fluminense apostava em segurar mais o jogo para desacelerar o ritmo.
Evanilson, que entrou no lugar de Fred, teve a segunda melhor chance do confronto aos 46 minutos, mas parou em ótima defesa de Gatito Fernández. A melhor foi pouco depois, já aos 50 minutos. Com bola levantada na área, Muriel voou por cima de Benevenuto para fazer o corte. Na sequência, Rafael Navarro chutou e o goleiro salvou novamente.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X BOTAFOGO:
Data/Hora: 05/07/2020, às 16h
Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Auxiliares: Michael Correia e Diogo Carvalho Silva
Cartões amarelos: Danilo Barcelos (BOT), Michel Araújo (FLU)
Cartões vermelhos: –
Gols: –

FLUMINENSE: Muriel, Gilberto, Nino, Digão e Egídio; Hudson, Dodi e Yago Felipe (Michel Araújo – 20’/2ºT); Nenê (Marcos Paulo – 33’/2ºT), Wellington Silva (Fernando Pacheco – 15’/2ºT) e Fred (Evanilson – 32’/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.
BOTAFOGO: Gatito Fernández; Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Kanu; Danilo Barcelos, Caio Alexandre (Cícero – 37’/2ºT), Honda, Bruno Nazário, Luiz Fernando (Lecaros – 40’/2ºT); Pedro Raul e Luis Henrique (Rafael Navarro – 49’/2ºT). Técnico: Paulo Autuori.
Foto: LANCE!
Terra

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial