Suspeita de comandar tráfico em Puxinanã é executada com tiros na boca e no rosto

Foi morta com vários tiros na boca e no rosto Maria de Lúcia Gomes da Silva, de 32 anos.
A execução ocorreu na noite desta quarta-feira (26/08) por volta das 21h00 na casa onde ela morava no Conjunto Jarbas, em Puxinanã, na grande Campina.
O Samu ainda foi chamado, mas a mulher já estava morta.
As informações primeiras dão conta de que “lucinha de rola”, como ela era conhecida, foi morta na frente de filhos menores.
Ele é mulher de Gerson Bagaceira, preso recentemente pela polícia acusado de comandar o tráfico de crimes de homicídio.
Lucinha, inclusive, já foi presa acusada de crime de tráfico e suspeita de comandar uma sessão de tortura na cidade.
A mulher também estava usando uma tornozeleira.
A delegada Alba Tânia e equipe plantonista estiveram no local, assim como a PM e o IPC.
(Por www.renatodiniz.com)

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial