LAGOA SECA: Justiça multa coligação do prefeito em R$ 50 mil e manda apreender paredão de som usado em carreata

O juiz Eronildo José Pereira, da 13ª Zona Eleitoral de Alagoa Nova (PB) aceitou denúncia da oposição em Lagoa Seca e aplicou punição a coligação do atual prefeito Fábio Ramalho por conta da realização de uma carreata no último domingo, além de colocar a vida das pessoas em risco, promovendo aglomeração e não respeitando o distanciamento social para evitar contaminação do novo coronavírus.

De acordo com a decisão judicial, a multa aplicada a Coligação Avança Lagoa Seca, que tem o prefeito Fábio Ramalho como candidato a reeleição, é de 50 mil Reais, já que a carreata promovida no último domingo desobedeceu à lei e a Justiça Eleitoral (carreatas estão proibidas durante a campanha) e o evento ainda colocou em risco a vida da população, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Além da multa, o juiz mandou ainda apreender o paredão de som usado na carreata, “onde quer que ele esteja” e que o mesmo seja recolhido ao 10º Batalhão da Polícia Militar da cidade de Campina Grande até segunda ordem. Ainda foi aplicada uma multa de R$ 195,23 ao responsável pelo carro que puxava o paredão, e ele vai perder 5 pontos na CNH.  A Justiça Eleitoral também determinou, novamente, a proibição de todo e qualquer evento do tipo carreata, comício etc e que promova aglomeração de pessoas, havendo assim amplo perigo de contaminação e transmissão do coronavírus.

Assessoria da Coligação Lagoa Seca Quer Mais

Avante, Cidadania e Podemos

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial