Governador João Azevedo assina na Fiep, decreto que concede benefícios fiscais à indústria e comércio

Na tarde desta terça-feira (3/11), o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), recebeu o governador João Azevedo juntamente com sua equipe econômica e mais uma vez, a federação sediou uma importante decisão para a indústria e o comércio da Paraíba.
Na ocasião, o governador assinou na sede da FIEP, o decreto para concessão de benefícios fiscais, para empresas sediadas em 54 municípios na região polarizada por Campina Grande. A ação fortalece a economia local, incentiva as indústrias têxteis e promove a geração de emprego e renda no Estado.
O benefício fiscal garante a redução da carga tributária das indústrias de confecções para 2% a empresas que não possuem outro tipo de benefício; e redução da carga tributária para 3% nas operações de venda das empresas varejistas de confecções de pequeno porte, com regime de pagamento normal, referentes a produtos fabricados na Paraíba.
No ato de assinatura do decreto que passa a vigorar em 1º de janeiro de 2021, o governador João Azevedo disse que este era um resgate de um sonho de muitos empresários nos últimos 50 anos. A ação tem como objetivo fortalecer a economia local, incentivar as indústrias têxteis, gerar emprego e renda e tornar o comércio varejista de confecções mais competitivo.
O presidente da FIEP, Francisco Gadelha, disse que sempre teve a crença de que isso poderia acontecer um dia. “Com toda a certeza, nós estamos testemunhando esse momento tão importante para a indústria e o comércio da Paraíba. Campina Grande sempre foi uma referência desde os áureos tempos do ciclo do algodão e de lá pra cá temos vivido renovações de momentos importantes, e agora o governador não poderia nos brindar com um presente melhor nesse Natal, antecipadamente”, enfatizou o presidente da FIEP.
O secretário de Estado da Fazenda, Marialvo Laureano, ressaltou que a SEFAZ está elaborando uma cartilha para orientar os contribuintes que irão usufruir desse beneficio fiscal, cujo documento deverá estar disponível no portal da secretaria em janeiro do próximo ano.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial