Teatro Municipal Severino Cabral completa 57 anos de história

O Teatro Municipal Severino Cabral, um dos equipamentos culturais mais simbólicos de Campina Grande – PB completa 57 anos nesta segunda-feira, dia 30 de novembro. Por conta da pandemia do novo coronavírus, as atividades na Casa de Espetáculo estão paradas então não haverá uma celebração.
Erasmo Rafael, diretor do teatro, informou que embora as cortinas estejam fechadas, o teatro não está parado, “estamos montando projetos para serem lançados assim que for possível abrir o espaço, projetos que irão dar continuidade e oportunidade aos artistas. Organizando atividades junto a Secretaria de Cultura e a Prefeitura Municipal, para que na reabertura tenhamos dança, música e teatro em todos os espaços da Casa.
Nesta última semana o Templo das Artes está recebendo uma limpeza na área externa e concluindo a reforma e reparos na subestação elétrica.
O Teatro Municipal Severino Cabral foi inaugurado no dia 30 de novembro de 1963, às 10 horas da manhã, pelo então prefeito Severino Bezerra Cabral, que lhe deu nome. Na inauguração, se apresentou o ator e humorista José Vasconcelos.
O Teatro teve Austro de França Costa como engenheiro e como arquiteto Geraldino Pereira Duda. Sua arquitetura moderna tem inegável importância história, artística e patrimonial, tendo sido palco de eventos nacionais e regionais. No início, o teatro estava planejado para cobrir apenas o centro do terreno onde hoje se encontra. No entanto, o arquiteto teve a ideia de fazer um instrumento musical, pois no teatro há música e música inspira arte. Com isso, a construção foi inspirada em um apito.
No espaço, além do palco principal, existe o Mini Teatro Paulo Pontes, a Galeria de Artes Irene Medeiros, a Sala Evandro Barros, uma biblioteca com um vasto acervo cultural e salas para aulas de dança, música e teatro.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial