Mostra fotográfica do São João de CG recebe Prêmio Amelinha Theorga

O trabalho ‘O Descolorir da Tradição – Sonhos em Quarentena’ do fotógrafo e publicitário Emanuel Tadeu recebeu o Prêmio Amelinha Theorga, que tem incentivo da Lei Aldir Blanc. A exposição foi realizada de forma virtual durante o mês de junho e retratou como estavam as personagens que fazem parte do São João de Campina Grande, suspenso em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Todas as fotos foram acompanhadas por poemas do poeta cordelista Lima Filho.
A exposição foi feita toda em preto e branco e mostrou imagens de profissionais como cantor, costureira, sanfoneiro, apresentador e quadrilheiro em uma época em que deveria ser o aquecimento para o Maior São João do Mundo, mas que em decorrência da pandemia estava tudo parado.
“Estava acostumado a fotografar o brilho intenso, as cores vivas da festa, mas precisei destinar todas as cores à saúde que sempre será nossa maior prioridade. Sendo assim, o momento foi todo retratado em preto e branco traduzindo o drama vivido por todos nós”, explicou o fotógrafo.
Emanuel contou que as fotos relataram a descontinuação das cores da vida e mostram também os sonhos, em quarentena, daqueles que são os maiores responsáveis por fazer o Maior São João do Mundo acontecer em Campina Grande.
A exposição ganhou destaque nacional, sendo noticiada por diversos veículos de comunicação. Agora, ela recebe o prêmio na categoria artes visuais e fotografia que valorizem, registrem e compartilhem o trabalho desenvolvido por artistas visuais, fotógrafos e fotógrafas, para fins de constituição do Acervo da Cultura Paraibana – Memorial da Pandemia.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial