Projeto de iniciação científica de escola do Sesi PB é premiado na mostra internacional de ciência e tecnologia

O projeto “Plástico biodegradável a partir da Opuntia cochenillifera”, desenvolvido por alunos e professores da Escola SESI Patos, com objetivo de ajudar a diminuir o impacto ambiental causado pelo descarte irregular de plástico no meio ambiente, foi premiado na 35ª Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia – Mostratec, que aconteceu no período de 09 a 11 de dezembro.
Como prêmio, o projeto foi credenciado para a Feira Nacional de Ciência e Tecnologia (FeNaDANTE) 2021, que é promovida pelo Colégio Dante Alighieri de São Paulo. A FeNaDANTE tem como objetivo divulgar as pesquisas de pré-iniciação científica desenvolvidas por estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio, de escolas públicas e particulares de todo o Brasil.
O projeto foi desenvolvido pelos alunos Andresa Onassis Chagas da Silva, Bruno Cézar de Medeiros Santos e Rauanny Silva Alves de Lucena, sob a orientação do professor Rafael Sales Brito Fernandez Vasquez, durante as atividades do Laboratório de Iniciação Científica – LIC, desenvolvido pelas Escolas da Rede SESI, na Paraíba.
“Participar da Mostratec foi um momento ímpar. Num ano em que nossos alunos se dedicaram tanto nas aulas remotas, tivemos encontros virtuais e eles se esforçaram muito para alcançarmos esse resultado. Então, representar a cidade de Patos, a Paraíba, e o SESI numa Feira de Ciência e Tecnologia Internacional, na maior feira do setor da América Latina foi algo incrível e receber um credenciamento para a FeNaDANTE nos deixou ainda mais felizes, porque essa foi a nossa primeira participação num evento desse tipo. Enquanto orientador, foi uma satisfação em ver esse projeto alcançar um resultado tão promissor. Toda a equipe está de parabéns, principalmente nossos alunos que pela primeira vez participaram do LIC e conseguiram um feito tão importante”, comemorou o professor Rafael Sales, orientador da equipe.
A estudante Rauanny Silva Alves comentou a conquista. “Foi uma experiência incrível participar da Mostratec, porque pudemos divulgar nosso projeto, compartilhar conhecimentos com especialistas e receber orientações sobre a nossa pesquisa, algo que ajudará na evolução dos nossos aprendizados e amadurecimento do projeto. E receber o credenciamento é mais uma oportunidade de darmos visibilidade ao nosso trabalho, para que possamos aprimorá-lo, isso nos deixou muito felizes e motivados para avançarmos ainda mais no desenvolvimento dos estudos e pesquisas envolvendo a produção do plástico biodegradável a partir da Palma Opuntia cochenillifera”, disse.

SOBRE O PROJETO
A pesquisa consiste na produção de bioplástico, a partir da palma forrageira, opuntia cochenillifera de modo a contribuir com a sustentabilidade e com a rentabilidade de potenciais produtores da planta.
A proposta da equipe da Escola do SESI é expandir o mercado de opções para produtos e matérias primas sustentáveis e biodegradáveis, e também aumentar a renda do agricultor produtor e dar outra utilidade para a planta utilizada.
O trabalho que começou no mês de maio desse ano, está sendo desenvolvido em várias etapas. Inicialmente foi realizado um levantamento de temas e questão problema, em seguida, a equipe participou de um curso ápice, depois realizou um estudo sobre o tema, fez fichamento, desenvolveu um plano de pesquisa, com a elaboração e aplicação de um questionário, e está sendo concluído com um relatório final.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial