Ex-namorado teria matado Lourrayne por não aceitar fim de relacionamento

O ex-namorado da jovem campinense Lorrayne Ribeiro, identificado como Ramon Alves Linhares, 32 anos, preso pela Polícia Civil da Paraíba como o principal suspeito de ter matado a modelo Lourrayne Ribeiro, confessou o crime ao ser preso ontem (19) no município de Eunápolis, interior da Bahia.
Ele indicou à Polícia o local onde havia escondido o corpo e neste domingo (20) a jovem foi encontrada com o corpo em avançado estado de decomposição, às margens do Rio Paraíba, nas proximidades da região conhecida como Café do Vento, no município de Sobrado.
O corpo estava embaixo de uma ponte da BR-230 e só foi localizado um dia depois da prisão temporária do namorado ter sido decretada.
Embora a Polícia da Paraíba ainda não tenha ouvido o acusado, pessoas próximas à jovem disseram que o ex não aceitava o fim do relacionamento.
Lorrayne estava desaparecida há uma semana.
Segundo informações da Polícia Civil da Paraíba, ela tinha ido com o namorado para uma casa de veraneio no município de Lucena, região metropolitana de João Pessoa, e essa teria sido a última vez que ela foi vista com vida.
Ele teria fugido da Paraíba depois do crime e, agora, será transferido de volta a João Pessoa, onde prestará depoimento aos policiais locais responsáveis pela investigação.
Paraibadebate

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial