Imunidade na quarentena: o que consumir ou deixar de consumir?

A necessidade de isolamento social levou muitas pessoas para dentro de casa. Nova rotina, novos hábitos e os desafios de lidar com a realidade de um confinamento domiciliar. Não é raro, portanto, encontrar pessoas que apresentaram descontrole alimentar durante esse novo período.

Afinal, a quebra de rotina e o maior tempo de sono misturados às facilidades do fast-food, levaram muitos brasileiros a ganharem alguns quilos a mais durante a quarentena contra a Covid-19. O grande problema, no entanto, nem é o novo peso, mas a ingestão de alimentos que não contam com as vitaminas necessárias para manter o organismo em equilíbrio, expondo-o a doenças graves, inclusive, o próprio coronavírus.

De acordo com Allyson Moura, engenheiro agrônomo, especialista em nutrição de plantas e RTV da Ubyfol, muitas pessoas estão enganadas quanto ao isolamento social. “Muita gente acha que simplesmente ficando em casa, estará 100% imune ao Covid-19, porém uma alimentação desequilibrada pode tornar essas pessoas mais expostas a gripes e outras doenças respiratórias graves”, destaca.

Portanto, a recomendação para manter todo sistema imunológico e de defesa do organismo fortalecidos é consumir frutas, verduras e legumes, alimentos ricos em vitaminas e que vão contribuir para a prevenção de doenças; todos eles diariamente. Confira detalhadamente:

 Melão. Cultivado principalmente no Rio Grande do Norte e Ceará, esta fruta é rica em vitaminas C e D, além de ter ação diurética. De maneira geral, o melão é composto por 80% de água e por uma quantidade moderada de açúcares. Vale destacar que, embora seja uma das frutas mais ricas em sódio, também contém o potássio, magnésio e cálcio.

Tomate. O fruto tem propriedades diuréticas e conta com vitamina C, que melhora o sistema imunológico e ajuda a fortalecer as defesas naturais do organismo, indicado inclusive para períodos pré e pós cirúrgico, reduzindo o aparecimento de doenças e infecções. O tomate também ajuda a prevenir o câncer, principalmente o de próstata, porque é composto por boas quantidades de licopeno.

Uvas. As uvas também são ótimas para fortalecer a imunidade. Ricas em antioxidantes e água, especialmente na casca, as uvas previnem câncer, evitam fadiga muscular e, ainda, melhoram o funcionamento do intestino. Cada tipo de uva oferece propriedades específicas, portanto, vale variar o consumo.

Banana. Possivelmente a mais popular entre as frutas, a banana é rica em potássio e muito indicada para baixar a pressão arterial. Comer uma banana entre as refeições, por exemplo, ajuda a manter os níveis adequados de açúcar no sangue, combatendo o cansaço. Além disso, é rica em vitamina B, acalma o sistema nervoso e ajuda a normalizar os batimentos cardíacos.

 

 

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial