Campina Grande decreta luto oficial de três dias pela morte de Genival Lacerda

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, decretou luto oficial de três dias pela morte do cantor e compositor paraibano Genival Lacerda, de 89 anos, em Recife. O artista estava internado por complicações causadas pela Covid-19.
Com seu estilo peculiar e identificado com as raízes regionais do Nordeste, Genival Lacerda gravou 70 discos e fez sucesso nacional em sua carreira, tendo emplacado vários sucessos que até hoje são regravados, por estrelas da música brasileira.
O cantor e compositor Genival Lacerda morreu aos 89 anos, no Recife, em decorrência de complicações da Covid-19, nesta quinta-feira (7). A informação foi confirmada pelo filho do artista, João Lacerda.
O artista foi internado no dia 30 de novembro de 2020, no Hospital Unimed I, na Ilha do Leite, na área central da capital pernambucana. Com Covid-19, ele foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
No dia 4 de janeiro, Genival Lacerda teve uma piora no quadro de saúde, segundo o boletim divulgado pela família. Na quarta (6), a família havia iniciado uma campanha de doação de sangue para o cantor.
Em 26 de maio de 2020, Genival Lacerda havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC) e deu entrada no Hospital d’Ávila, na Zona Oeste da capital pernambucana. Recuperado, ele teve alta três dias depois de ser internado.
Foto: Iara Alves/G1
G1 PB

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial