6 benefícios do jiló para a sua saúde

O jiló é um alimento polêmico. Conhecido também por ser dado a animais, muitas culturas ainda estranham receitas que tenham o jiló na lista de ingredientes. Porém, apesar da estranheza, são muitos os benefícios do jiló para a saúde, o fruto brasileiro que tem um gosto amargo muito específico, o que torna a experiência ainda mais inusitada.
Disponível em variados tipos para diferentes preferências, o jiló convence pelos nutrientes. Ele também é usado na medicina popular no preparo de infusões para o tratamento de gripe e resfriado, graças às suas várias propriedades benéficas à saúde.

Benefícios do jiló para a sua saúde
Rico em fibras e água, o jiló auxilia o bolo fecal e tem efeito muito positivo contra a prisão de ventre.

2. Multivitamínico
Contém as vitaminas A, B e C. Atenção aos cuidados na hora de preparar para não perdê-las: cozinhe o jiló no vapor ou em pouca água, em baixa temperatura; e o ideal é consumi-lo com casca.

3. Poucas calorias
Quem segue dietas com quantidade específica de calorias, pode aproveitar o jiló. Já que suas poucas calorias e alta concentração de água fazem com que ele gere uma sensação de saciedade rapidamente, ele se torna um bom aliado das dietas mais restritivas! Lembre-se sempre de fazer acompanhamento com um nutricionista!

4. Mau hálito nunca mais
O sabor amargo do jiló aumenta a produção de saliva, que, por sua vez, tem propriedades antibacterianas e combatem o mau hálito.

5. Anemia
Como uma ótima fonte de ferro, o jiló é muito recomendado para quem tem problemas de anemia, como a ferropriva, e precisa dessa reposição.

6. Ajuda a proteger o coração
Além de ser rico em potássio, ajudando a regular a pressão arterial, o jiló também tem propriedades que impedem o acúmulo de colesterol nos vasos sanguíneos. Consequentemente, ajuda na prevenção de entupimentos de artérias e problemas mais graves decorrentes disso.

Como incluir jiló na sua alimentação?
Primeiramente, fique atento ao viço do jiló na hora de comprar; se a casca estiver amarela ou laranja-avermelhada, significa que já amadureceu, e o sabor se torna amargo demais. Sempre prefira os lisos, firmes, verdes e brilhantes para o melhor gosto possível!
Para cozinhar, o jiló é muito versátil. Ele pode ser assado com legumes, frito, refogado… seja criativo! As receitas que estão na Internet vão desde chips até ensopado com carne.
É comum encontrar o jiló em um suco com limão, uma mistura antioxidante e rica em Vitamina C! Além disso, você pode aproveitar para adicioná-lo à sua omelete, à farofa, ao antepasto, ou até mesmo à pizza!

Aprenda a tirar o gosto amargo
O nutrólogo da Horaios Estética, Bruno Takatsu, contou à revista Casa e Jardim que ‘para evitar o sabor amargo, é indicado polvilhar sal no jiló, envolvê-lo com papel-toalha e conservá-lo em local fresco. Depois de 20 a 40 minutos, lave-o e está pronto. É possível comer a fruta crua na salada, cozida ou até frita. Outra dica é cozinhar com alho, sal e limão, por 30 a 40 minutos.’

Foto: Rodrigo Moreira/iStock
MSN/Seleções

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial