Laboratório do SENAI/PB produz biomodelos 3D para procedimentos cirúrgicos

A fim de auxiliar no planejamento de cirurgias de alta complexidade, o SENAI/PB, através do Programa Laboratório Aberto, está abrindo espaço para o desenvolvimento de ações voltadas ao enriquecimento tecnológico, produzindo biomodelos em 3D. A ação está sendo feita em conjunto com o Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde – NUTES da Universidade Estadual da Paraíba.
Os biomodelos reproduzem com exatidão a anatomia da região que sofrerá intervenção médica. Com a melhoria da visualização o planejamento cirúrgico é facilitado, diminuindo o tempo das cirurgias e reduzindo os riscos de erros médicos devido afalta de informações mais precisas da anatomia da região afetada. A técnica ajuda a análise clínica dos profissionais que trabalham com ortopedia, neurocirurgia, cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial e ortognática, cirurgia craniomaxilofacial e plástica, implantodontia, oncologia, entre outras.
“O SENAI nos deu suporte na impressão 3D dos biomodelos para cirurgia ortognática maxilar, durante operíodo de instalação de nossa impressora que possui o mesmo modelo. Nossa pretensão é firmar parceria, estreitando vínculo com o Programa Laboratório Aberto dessa instituição”, disse Dra. Nadja Oliveira, Coordenadora do Laboratório de Tecnologias Tridimensionais do NUTES.
O objetivo do Programa Laboratório Aberto – SENAIé disponibilizar os laboratórios da instituição para a prototipagem de produtos – etapa fundamental em processos de inovação, que dá forma à ideia desenhada na prancheta. Esta é mais uma ação do conjunto de iniciativas do SENAI e da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para estimular a cultura da inovação na indústria brasileira para empreendedores, com boas ideias que podem se candidatar para desenvolver projetos inovadores.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial